Blog

Quais os sinais e sintomas da enxaqueca?

Avalie este item
(0 votos)

Comum no nosso dia a dia, as dores de cabeça já fazem parte da rotina dos cidadãos brasileiros. Segundo a Sociedade Brasileira de Cefaleia (SBC), cerca de 70% da população do país sofre com esse problema que afeta diretamente na qualidade de vida.

Existem mais de 2 mil tipos de dores de cabeça, cada uma com seus sintomas, causas e tratamentos. A enxaqueca, provavelmente, é o tipo de dor de cabeça mais conhecida e é considerada a sexta doença mais incapacitante do mundo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), e atinge 15% da população mundial.

Enxaqueca x Cefaleia: qual a diferença?

A cefaleia é o termo técnico usado pelos médicos para representar a dor de cabeça, já a enxaqueca é um dos tipos de cefaleia. Que, como vimos, existem vários! A enxaqueca é uma dor de cabeça crônica, que geralmente começa com uma dor latejante em um dos lados da cabeça.

Além da dor, a maioria das pessoas sentem náuseas e vômitos, aversão à luz e ao som. Enquanto outras também podem manifestar sintomas que não parecem estar relacionados com a enxaqueca, entretanto podem variar de acordo com o estágio da enxaqueca.

Os 4 estágios da enxaqueca e os sintomas

Primeiro é importante destacar que nem todos os pacientes passam necessariamente por essas fases e, ainda, que elas podem alternar entre crises na mesma pessoa.

Estágio pródromo: São sinais que indicam o aparecimento futuro de uma enxaqueca. Fique atento quando surgir constipação, mudanças de humor, desejos por comida, dor no pescoço, bocejo frequente, aumento da sede e da vontade de urinar, entre outros.

Estágio aura: Cerca de 1 hora antes do início da dor de cabeça, algumas pessoas que sofrem com enxaqueca apresentam o que é chamado de aura: problemas na visão (pontos pretos, brilhantes e imagens em ziguezague), confusão mental ou dificuldade pra falar.

Estágio de dor: Essa é realmente a fase da dor. Geralmente, ela afeta um dos lados da cabeça, é latejante e pode durar por quatro ou mais horas. Sintomas como náuseas, vômitos e sensibilidade à luz e ao som também acontecem nessa fase.

Estágio pós-dromo: Essa é a fase final da enxaqueca e você pode se sentir extremamente cansado, com alterações no humor e com dificuldade de concentração.

As causas da enxaqueca

As causas da enxaqueca ainda não foram completamente desvendadas pela ciência. Mas acredita-se que há uma alteração nos neurotransmissores que provocam uma vasodilatação nos vasos cerebrais evoluindo para a compressão do tecido nervoso e a sensação de dor.

Assim, os fatores que desencadeiam a enxaqueca são diversos e podem variar conforme cada pessoa. Alguns dos mais comuns são:

  • Cansaço;
  • Insônia;
  • Álcool;
  • Estresse e ansiedade;
  • Odores fortes;
  • Mudanças no clima;
  • Menstruação;
  • Jejum prolongado;
  • Luzes e sons intensos;

Não hesite em procurar um neurologista ao sentir fortes dores de cabeça combinadas ou não com os sintomas que citamos acima. Somente um profissional especializado poderá indicar o melhor tratamento para você. Entre em contato com a Neuro Instituto e agende uma consulta com nossos profissionais e tenha uma vida mais saudável!

Lido 329 vezes Última modificação em Quinta, 15 Agosto 2019 19:33
MAIS LIDAS
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Echosis Marabá

Search