Blog

Como prevenir doenças neurológicas?

Avalie este item
(1 Voto)

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) o número de pessoas com mais de 60 anos chegará a 2 bilhões de pessoas até 2050. O problema é que esse grupo é o mais vulnerável a doenças neurológicas, como o Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Para se ter uma ideia, o AVC mata mais por ano do que a Aids, a malária e a tuberculose juntas, e é a segunda razão de morte em pessoas maiores de 60 anos e a quinta na faixa entre 15 e 59 anos.

Mas calma, nem tudo são más notícias! A maioria das doenças neurológicas podem ser prevenidas se novos hábitos forem praticados.

Chegou a hora de mudar a sua rotina e incluir novos costumes com o objetivo de prevenir doenças cerebrais e, é claro, conquistar uma vida mais saudável. Confira nossas dicas a seguir!

3 dicas de prevenção para doenças neurológicas

Mantenha uma alimentação balanceada

O alimento é nosso combustível, sem ele é praticamente impossível nos mantermos de pé. No entanto, existem algumas opções podem ser perigosas e responsáveis por causar doenças no cérebro.

Se determinadas comidas tem o poder de estimular a função cognitiva e melhorar a memória, como é o caso do peixe, que contém ômega 3, outros alimentos tem efeito reverso e são conhecidos pelos males que causam ao funcionamento cerebral.

Assim, procure evitar os seguintes alimentos: produtos açucarados, fast food, frituras, alimentos pré-cozidos, proteínas processadas e gordura trans. Além disso, evite fumar e bebidas de álcool devem ser consumidas moderadamente.

Crie uma rotina de exercícios

Que a prática de exercícios físicos fazem bem para o corpo e para a mente, nós já sabemos. Porém, nesse caso, apostar também em atividades intelectuais é fundamental para manter o cérebro ativo.

Por isso, busque aprender algo novo, como tocar um instrumento musical, pintura, dança ou uma língua. Ainda, brincar com palavras cruzadas ou jogo da memória também são ótimas opções de passatempo que contribuem para a saúde do cérebro.

Separe um tempo no seu dia a dia para criar essa rotina. Manter uma vida ativa antes de qualquer desordem cerebral se manifestar é muito importante para a prevenção de doenças neurológicas.

Seja mais otimista e tranquilo

O estresse é responsável por produzir hormônios que fazem mal ao cérebro. Aliás, pesquisadores da Universidade da Califórnia descobriram que pessoas deprimidas possuem maior risco de desenvolver Alzheimer.

Assim, pessoas que são mais positivas e tranquilas estão menos vulneráveis a enfrentar problemas de memória e demência. No entanto, fugir completamente das situações estressantes ainda é um desafio, por isso, busque evitá-las ao máximo e ao chegar no fim do dia procure relaxar com meditação, yoga ou com a leitura de um bom livro.

É importante destacar também que realizar consultas periódicas é outro meio de prevenir-se de doenças neurológicas. Afinal, através de exames é possível verificar como está sua saúde e quais tratamentos são indicados, caso alguma enfermidade seja diagnosticada.

Neuro Instituto possui os melhores e mais capacitados profissionais para te ajudar. Entre em contato conosco e marque uma consulta. A prevenção começa quando damos mais atenção para nós mesmos!

Lido 171 vezes Última modificação em Terça, 17 Setembro 2019 17:46
MAIS LIDAS
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Echosis Marabá

Search